Visite, Desfrute, e Divulgue o Prazer da Natureza.
Sábado, 11 de Junho de 2016
Santo António 2016

coico 2016.jpg

 



publicado por: Carlos Ferreira às 17:00
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2015
Votos de Santo e Feliz Natal

 

 

FN.jpg

 

 

 



publicado por: Carlos Ferreira às 23:46
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Domingo, 12 de Abril de 2015
RALLY NA BARRAGEM DO COIÇO

Rallye de Penacova

 Quem quiser comer um pouco de pó, faz muito bem, deve ir ver mas estar em segurança para que alegria não se torne em tristeza.



publicado por: Carlos Ferreira às 17:36
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Quinta-feira, 5 de Abril de 2012
O COIÇO DESEJA A TODOS UM SANTO E FELIZ NATAL E MELHOR 2014

O COIÇO DESEJA A TODOS UM SANTO E FELIZ NATAL E MELHOR 2014


Sinto-me.: Menino

publicado por: Carlos Ferreira às 21:16
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

O COIÇO DESEJA A TODOS UM SANTO E FELIZ NATAL E MELHOR 2013

Sinto-me.: Feliz Natal.

publicado por: Carlos Ferreira às 11:23
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Segunda-feira, 2 de Abril de 2012
Marcha da Associação Cultural do Coiço
Marcha da Associação Cultural do Coiço.

Sinto-me.: Feliz.

publicado por: Carlos Ferreira às 13:31
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Domingo, 1 de Abril de 2012
Feliz Páscoa 2012
Desejemos a todos uma Páscoa Feliz

Sinto-me.: Com alegria

publicado por: Carlos Ferreira às 12:59
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011
Coiço deseja a todos muitas Felicidades

 


Sinto-me.: Boas Festas

publicado por: Carlos Ferreira às 12:02
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Sábado, 3 de Setembro de 2011
Áreas De Serviço no IP-3 Penacova

Áreas de serviço no IP3 em Penacova podem sair da “cepa torta” - Estradas de Portugal foi buscar processo ao baú e vai realizar os estudos de viabilidade e de impacte ambiental.


Ao fim de 20 anos de existência, o IP3 pode vir a ter as duas áreas de serviço prometidas para a zona de Penacova, mais concretamente junto ao actual nó de Lorvão, onde durante mais de uma década esteve uma placa a prometer “futura área de serviço”.
O anúncio foi retirado, talvez por vergonha, ou pelos comentários jocoso que já suscitava, mas, agora, a empresa Estradas de Portugal (EP) parece empenhada em levar a cabo a sua construção, com algumas alterações em termos de localização.
Segundo a planta do projecto preliminar a que tivemos acesso, a área de serviço a construir no sentido Viseu-Coimbra ficará localizada no local inicialmente previsto, ocupando uma área de 34 mil metros quadrados entre o parque industrial que se encontra em construção e o nó de Lorvão.
No sentido inverso, houve alteração de planos, ficando a área de serviço, com 38 mil metros quadrados, situada antes do nó, para quem se desloca de Coimbra para Viseu, e não paralela à sua congénere.
Trata-se apenas de uma hipótese, mas que tem de real o facto da EP já ter garantido à Câmara Municipal de Penacova que, até final do ano, terá realizado o estudo de viabilidade do projecto, assim como de impacte ambiental, que, depois, serão submetidos ao Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias para aprovação, que, caso aconteça, possibilitará o lançamento de concurso público de concessão.
A serem realidade, as áreas de serviço contarão com postos de abastecimento de combustível, acessos e estacionamentos próprios, loja de apoio, cafetaria, minimercado, serviço de desempanagem fixa ou móvel, zona de repouso e instalações sanitárias.
Recorde-se que, naquela via, entre a Figueira da Foz e Viseu, só existem áreas de serviço na zona da barragem da Aguieira, já no concelho de Santa Comba Dão.
O presidente da Câmara Municipal de Penacova, Humberto Oliveira, disse (...) que a autarquia foi contactada no sentido de estudar uma solução que permita conjugar a construção das áreas de serviço, nomeadamente a Norte (Viseu-Coimbra), com os acessos directos do parque industrial da Alagoa para o IP3.
Trata-se de uma solução dois em um, no sentido em que, na óptica do autarca, o concelho ficará beneficiado duplamente: Primeiro por passar a ter duas infra-estruturas que «dinamizarão a zona e vão criar postos de trabalho» e, por outro lado, por permitir acessos directos do parque industrial ao itinerário principal, algo que ainda não estava previsto.


Sinto-me.: Será desta vez?

publicado por: Carlos Ferreira às 20:55
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Quarta-feira, 1 de Junho de 2011
Tradicionais Festejos 2011

***Em honra de Santo António***

***Coiço***

Dias, 10, 11, 12, 13, e 18 de Junho de 2011

 

 

 

«Vem à sardinhada, come, bebe até ficares satisfeito (a)» 

 

 

***Visita o Coiço, e serás bem recebido, diverte-te***


Sinto-me.: Satisfeito,depois de almoço.

publicado por: Carlos Ferreira às 15:35
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Quarta-feira, 18 de Maio de 2011
Casa de António José de Almeida

 

 

 

 

A Câmara de Penacova vai "fazer uma proposta de aquisição" da casa onde nasceu António José de Almeida, que foi posta à venda, através de uma imobiliária, pelos herdeiros do antigo chefe de Estado, disse o presidente do município.

A residência, em Vale da Vinha, povoação da freguesia de São Pedro de Alva (Penacova), está "praticamente abandonada" e "bastante degradada", mas "por tudo aquilo que representa" merece ser recuperada e preservada, sustentou, em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara, Humberto Oliveira.

"Os herdeiros puseram à venda, há pouco tempo, através de uma empresa de mediação imobiliária, a casa e terreno anexo, com cerca de seis hectares, onde nasceu António José de Almeida", acrescentou o autarca.

A Câmara de Penacova admite transformar a moradia em casa museu e centro de estudos, mas "está aberta a outras ideias e sugestões", adiantou Humberto Oliveira.

Além de preservar "um património de grande significado", a transformação da casa de António José de Almeida também poderá assumir, preconiza o autarca, um importante papel de dinamização cultural e turística do concelho.

Dando continuidade ao processo desencadeado pelo anterior executivo municipal, liderado por Maurício Marques (PSD), a atual Câmara desenvolveu diligências junto dos herdeiros do antigo Presidente da República, para adquirir o imóvel, mas também sem sucesso, recordou Humberto Oliveira, eleito pelo PS.

"A casa onde nasceu António José de Almeida é, seguramente, um dos poucos edifícios que viram nascer um Presidente da I República que se mantêm de pé, apesar do seu estado de degradação", sublinhou, à agência Lusa, Luís Reis Torgal, catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Além das casas onde nasceram Teixeira Gomes (Portimão), Manuel de Arriaga (Horta, Açores) e Sidónio Pais (Caminha) -- e desta quase só resta o local onde foi edificada --, "já não devem existir outras casas de pé" onde nasceram chefes de Estado da primeira República, admite o investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS 20).

A casa de António José de Almeida poderia desenvolver uma atividade "idêntica àquela que tem assumido, em Vila Nova de Famalicão, a Casa Museu Bernardino Machado", preconiza o historiador.

A moradia onde nasceu o antigo chefe de Estado, em Vale da Vinha, se vier a ser património público, deve assumir uma dimensão de centro de "investigação e de dinamização cultural e política" e não apenas relacionado com a primeira República, sustenta Reis Torgal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Sinto-me.: Abandonada

publicado por: Carlos Ferreira às 23:52
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Domingo, 15 de Maio de 2011
Casa do Concelho De Penacova

 


Sinto-me.: Confirmado

publicado por: Carlos Ferreira às 20:49
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Segunda-feira, 18 de Abril de 2011
Orégãos-A Especiaria de Penacova

                   

          

A variedade que aqui cresce livremente é a favorita e a mais familiar das especiarias. Encontrada em pizzas, molhos para massas e pratos italianos, a qual os Cozinheiros apelidam de Orégão Mediterrâneo (turco). Aconselho a experimentar, para quem não sabe, em pratos de frango, peru, saladas, pão, queijos...arroz. Toda a nossa Gastronomia de modo geral fica saborosa e com um toque especial temperada com Oregãos. Experimente por exemplo, temperar as azeitonas verdes, com Oregãos, sal e casca de laranja e deixe-as curtir. Depois tempere-as a gosto. Vai gostar com certeza.
  Poucas pessoas param para pensar de onde os Oregãos vêm ou como eles se tornaram tão indispensáveis para as nossas refeições favoritas. O Orégão Mediterrâneo ganhou popularidade nos Estados Unidos depois das tropas que estavam estacionadas na Itália voltarem da Segunda Guerra Mundial. É muito aromático e pouco amargo com um toque de menta como essência.
  A nossa jornada começa na Serra do Buçaco - onde os Orégãos crescem na natureza há anos - em direcção à Espinheira. Aqui, a planta, cujo nome é derivado do grego, "Oros ganos" (alegria da montanha), nasce nas valetas, mesmo na borda da estrada, onde muitos de nós passa todos os dias. De quando a quando lá se vê alguém a apanhar Orégãos, de saco na mão. Continuando a caminhada, pode-se encontrá-los também na Chã e na estrada em direcção ao Casal de Sto. Amaro. Aqui crescem aos molhos. Se procurarmos bem encontraremos mais locais em Penacova onde nascem e crescem estas especiarias. Raramente colhidas e aproveitadas, são sempre colhidas pelas máquinas da Câmara Municipal aquando da limpeza das valetas. Contudo, a semente propaga-se com o vento, e todos os anos nascem, sempre, mais.
  Poderá haver, com certeza, quem não saberá que planta é. O Orégão Mediterrâneo é uma planta pequena, Origanum vulgare, que cresce até atingir cerca de dois a três pés de altura. A erva floresce durante a Primavera. Em Junho e Julho, é colhida à mão e seca ao sol. A colheita é um processo penoso. A planta tem de ser colhida ainda verde para os sacos, para ter esse tom depois de seco e garantir que os Oregãos são 100% puros e aromatizados.
  Segundo os Médicos, o Orégão tem alta actividade antioxidante pela presença de ácido fenólico e flavanóides. Adicionalmente tem propriedades antimicrobianas contra bactérias como Listeria monocytogenes e outros patógenos presentes nos alimentos, o que faz com que ajude a preservar alimentos. Aqui deixo a tabela de Vitaminas em cada 3g (o que equivale a 9 calorias).
NUTRIENTES
QUANT.
DDR (%)
DENSIDADE DO NUTRIENTE
CLASS.
vitamina K 18.65 mcg 23.3 45.8 excelente
magnésio 0.16 mg 8.0 15.7 muito bom
ferro 1.32 mg 7.3 14.4 muito bom
fibras 1.28 g 5.1 10.1 muito bom
ácidos gordos (omega 3) 0.12 g 5.0 9.8 muito bom
cálcio 47.28 mg 4.7 9.3 bom
vitamina A 207.08 IU 4.1 8.1 bom
vitamina C 1.52 mg 2.5 5.0 bom


Sendo uma das melhores riquezas naturais da nossa Terra, sinto que está à margem do interesse Municipal. Não critico de maneira alguma. Apenas aconselho a População para não desperdiçarem este bem natural, que a Natureza nos oferece ao sair da porta. No mercado, uma saca de Oregãos normal com cerca de 20g pode variar entre €1,50 a €3,32. Há que aproveitar.

 

 

 

 

 


Sinto-me.: Saboroso

publicado por: Carlos Ferreira às 16:53
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Sexta-feira, 25 de Junho de 2010
Os Moinhos da Nossa Terra
Vitorino Nemésio, o Homem que se encantou por Penacova e declarava os Moinhos como sendo uma das suas principais Paixões, escreveu: “É preciso chegar às aberturas e miradouros para achar a razão de ser da fama de Penacova que é o seu admirável panorama de água, pinho e penedia" 

As características geográficas de Penacova, nomeadamente a altitude e a existência de zonas ventosas, levou os habitantes de outrora a aproveitarem o vento, construindo Moinhos. Movidos pelo vento (moinhos de vento) ou pela força da água (azenhas) transformavam os cereais em farinha. 
Talvez por isso, Penacova possua um dos maiores núcleos molinológicos do país. Ao longo das serras da Atalhada, Aveleira e Roxo, Gavinhos, Paradela de Lorvão e Portela de Oliveira, encontramos 23 moinhos de vento em actividade ou em condições de funcionarem. Instaladas nos rios e ribeiras, encontramos cerca de 20 azenhas, sendo estas em grande parte privadas.
Os moinhos de vento portugueses, de tipo mediterrânico, situados aqui, são geralmente compostos por uma estrutura cilíndrica construída em alvenaria de pedra, com uma cobertura cónica de madeira (denominada capelo) e um número variável de velas de pano. A sua estrutura é fixa e apenas o capelo sofre movimento para que as pás sejam orientadas para o vento.
O oficio do moleiro, por sua vez, é quase uma profissão extinta. Os que ainda sobrevivem para contar a história, de idade avançada, são muitas vezes herdeiros de uma tradição familiar, que parece ir terminar com eles. Uma herança que lhes transmitiu os conhecimentos práticos, não só no que se refere à moagem, mas também em relação ao funcionamento do moinho. Eram inúmeras as suas tarefas, desde deitar o grão na moega, ensacar a farinha, picar as mós, corrigir a orientação do mastro ou colher as velas quando o vento teima em soprar com mais velocidade, reparar a levada e a maquinaria avariada.
Acontecia muitas vezes, o moleiro não ser o proprietário do moinho, pois estes pertenciam muitas vezes a agricultores abastados que os arrendavam ao moleiro. O arrendamento do moinho era normalmente pago em espécie, neste caso em farinha. A situação mudou, e os moinhos pertencem quase todos a proprietários moleiros, sendo propriedade privada. Contudo em certas povoações podiam ser de tipo comunitário, e todos os vizinhos da aldeia tinham o direito de os utilizar. O moleiro ficava encarregue de andar pela freguesia com o seu burro a recolher as “taleigas” (sacos de pano) do milho e do trigo dos seus fregueses, transporta-lo até ao moinho e depois trazê-lo aos seus donos já em farinha.
Os moinhos deixaram de responder às exigências crescentes da indústria de moagem e hoje destacam-se como elementos representativos de uma valiosa herança da nossa tecnologia tradicional.
Um pouco de História leva-nos à primeira referência escrita sobre moinhos de vento na Europa, que surge no final do século XII, usados para bombagem de água e moagem. Com o aparecimento de novas tecnologias, os moinhos de vento foram caindo em desuso.
Em Penacova, recentemente alguns destes moinhos têm vindo a ser recuperados para habitações particulares ou como ponto de interesse turístico. Adaptados para o turismo rural, mantiveram-se intactas as características exteriores e dotou-se o interior de todo o conforto, tornando o espaço, embora pequeno, bastante acolhedor, nomeadamente na Serra da Atalhada.
Na Portela de Oliveira ainda há muito trabalho para fazer. Com uma vista paradisíaca tanto de dia como de noite, cativa-nos aquele recanto sobre uma das vistas de Penacova. Faz falta ali algum investimento Turístico, e o pouco que ali perdura, agradece-se ao Sr. Manuel Baptista e à D. Carla Favas ( Habitantes e exploradores da Cafetaria ) que têm feito investimento próprio.
Esperamos que assim continue a "toda a vela" para que em breve vejamos os Moinhos de Penacova totalmente restaurados conjuntamente com o comércio local, a fim de promover, ainda mais o Turismo da Região.

Sinto-me.: Encantado

publicado por: Carlos Ferreira às 22:57
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Sábado, 29 de Maio de 2010
Boas Festas e Feliz 2011

São os sinceros votos de todos os habitantes do Coiço, aos visitantes pessoalmente ou por este meio online.

Clique veja e oiça este maravilhoso link:

http://www.youtube.com/watch?v=tgtnNc1Zplc

 

 

***Agradecemos a sua gentil visita***


Sinto-me.: Com alegria

publicado por: Carlos Ferreira às 21:05
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

FESTA NO COIÇO 2010

<<Festa de Santo António, em Coiço Penacova>>

 

***Dias, 12, 13, e 19 de Junho de 2010***

 

«Vem e trás um amigo,(a) serás bem recebido»



publicado por: Carlos Ferreira às 21:00
Link do post. | Adicionar aos favoritos.
|

Sábado, 20 de Março de 2010
FELIZ PÁSCOA 2010

««O Coiço deseja a todos os visitantes, uma Feliz Páscoa»»

 

 

 

 


Sinto-me.: Guloso por amêndoas.

publicado por: Carlos Ferreira às 20:49
Link do post. | Comentar. | Ver comentários. (2) | Adicionar aos favoritos.
|

Domingo, 28 de Fevereiro de 2010
MAU TEMPO EM PENACOVA PROVOCA 1 FERIDO

DOMINGO, 28 DE FEVEREIRO DE 2010 MAU TEMPO EM PENACOVA PROVOCA, 1 FERIDO GRAVE Os Bombeiros não tiveram descanso este Sábado devido à chuva e sobretudo ao vento forte que se fez sentir desde as 6h.00 da manhã até ao final do dia. A situação mais grave registou-se às 16h.00, na aldeia do Coiço, quando uma Mulher de cerca de 55 anos, foi atingida pela queda de uma árvore. A vítima, que circulava a pé numa das estradas da localidade, sofreu ferimentos graves ao nível dos membros inferiores e foi transportada aos HUC pelos Bombeiros de Penacova que acorreram ao local. Também o Ip3 deu que fazer. Dois acidentes durante a manhã na zona da Livraria do Mondego, obrigaram à mobilização de diversos meios humanos e materiais e provocaram 3 feridos, que foram transportados aos HUC depois de assistidos no local pelas equipas dos Bombeiros de Penacova. Para além destes incidentes de maior gravidade, o telefone não parou de tocar durante todo o dia, obrigando os Bombeiros a uma roda viva para, para dar sequência às 52 chamadas para cortar árvores e desobstruir vias rodoviárias, e 3 chamadas para problemas ao nível de telhados de habitações, que ficaram danificados devido ao vento. Para além de todo este trabalho, os Bombeiros tiveram ainda de socorrer e transportar uma vitima acometida de doença súbita e outra devido a queda, e transportar 3 doentes para hemodiálise. Devido aos estragos provocados pelo temporal, várias localidades do concelho estiveram privadas de energia eléctrica durante várias horas, o que que provocou também a interrupção no abastecimento de água ao domicilio.Os bombeiros tiveram mesmo que, conseguir disponibilidade, para ajudar alguns restaurantes e no Silveirinho colocaram mesmo um autotanque. Durante alguns períodos da tarde a rede dos telemóveis deixou mesmo de funcionar, provocando alguns constrangimentos no fluxo de informação para os Bombeiros, que tiveram no seu gerador alternativo uma preciosa ajuda. Se não tivessemos um gerador instalado no quartel, estariamos praticamente todo o dia sem energia elécrtirca e consequentemente sem comunicações.


Sinto-me.: Preocupado

publicado por: Carlos Ferreira às 18:34
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009
BOAS FESTAS 2009/2010

Aos nossos visitantes ao blog, assim como á nossa terra, o Coiço deseja a todos, votos de Feliz Natal 2008, e um Bom Ano Novo 2009. 

 

 

 

Agradecemos a vossa visita e divulgação, voltem sempre, obrigado.


Sinto-me.: Haja saúde, paz e amor.

publicado por: Carlos Ferreira às 18:25
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008
BOAS FESTAS 2008/2009

O Coiço, deseja a todos os visitantes um Santo e Feliz Natal 2008.

E um próspero Ano Novo 2009

Com muitas Felicidades.

 

 

 

 

«Felicidades»


Sinto-me.: FELIZ NATAL

publicado por: Carlos Ferreira às 18:24
Link do post. | Comentar. | Adicionar aos favoritos.
|

Mais sobre o Coiço.
Pesquisar neste blog.
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Posts recentes.

Santo António 2016

Votos de Santo e Feliz Na...

RALLY NA BARRAGEM DO COIÇ...

O COIÇO DESEJA A TODOS UM...

O COIÇO DESEJA A TODOS UM...

Clique Aqui para Ver Todas as Fotos.

Junho 2016

Dezembro 2015

Abril 2015

Abril 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Links.
Fazer Olhinhos.
blogs SAPO
subscrever feeds